Archive

Archive for the ‘Internet’ Category

Assim que se faz!

Vídeo mostra como alguns personagens da Nintendo aplicariam seus Fatalities em Mortal Kombat. Confiram:

 

FunStation chega a Manaus para revolucionar mercado de distribuição digital

Fonte: Isaac de Paula – portalamazonia@redeamazonica.com.br
[http://portalamazonia.globo.com/pscript/noticias/noticias.php?idN=109075]

Diego Oliveira - Portal Amazônia

MANAUS – Um equipamento de abastecimento de conteúdos digitais é a mais nova aposta tecnológica a chegar a Manaus. Quem trouxe a novidade foi a Amazon Print, que recebeu o Portal Amazônia em primeira mão para contar as vantagens da FunStation. A plataforma de conteúdo digital já é sucesso em outras regiões do País e promete mudar o jeito de comprar e distribuir música também no Amazonas, o primeiro Estado da região Norte a receber o equipamento.

A ideia criada pelos brasileiros Bruno Brau e Armando Perico foi desenvolvida em parceria com a Universidade de Tecnologia de Lugano, na Suíça. O sucesso da máquina deve-se a facilidade, rapidez e tecnologia unidas em um único equipamento. Sem tempo de espera de download ou necessidade de estar conectado a um computador com acesso à internet, a FunStation é um dos projetos mais bem sucedidos no campo da venda e distribuição gratuita de conteúdos.

FunStation

Parecida com as máquinas de compra de refrigerantes, a praticidade da FunStation é um dos pontos mais fortes da tecnologia. Os usuários precisam apenas comprar um cartão com créditos que podem ser usados apenas na plataforma. Com valor a partir de R$ 2, o conteúdo completo de gêneros musicais é disponibilizado, com áudios que vão do reggae ao rock, do pop à MPB. E o preço do conteúdo pago é convidativo: a partir de R$ 0,50.

Interface do sistema

A infinidade de conteúdo do equipamento impressiona. Segundo o representante operacional da FunStation na região, Lucas Simão Oliveira, isso se deve às parcerias fechadas em contrato com grandes gravadoras. Na lista dos nomes de peso que disponibilizam mídias estão empresas como a Warner, TMG e a Som Livre. Essas parcerias geram conteúdos de cantores brasileiros como Ivete Sangalo e Maria Rita, além de internacionais, como U2 e Lady Gaga. “Nada é pirataria. Os cantores recebem por todos os direitos autorais”, contou.

Tecnologia

A FunStation abastece mídias como mp3, mp4, pen drive e Ipods, além de aparelhos celulares. A conexão entre os aparelhos e a máquina acontece através das entradas USB, para cartão de memória ou bluetooth. Para quem já estiver preocupado com o risco dos vírus, Lucas Simão explicou que a FunStation é totalmente segura. “As conexões são habilitadas apenas para transferir os arquivos, nunca para abri-los”, afirmou o representante. “Nunca é possivel copiar arquivo de um pen drive, por exemplo, para dentro da estação”.

Just Fun

A tela touchscreen de 17 polegadas é outro atrativo. Ela abre o programa e oferece as opções: músicas, clipes, audiolivros e ringtones para celulares. Escolha feita, a lista de álbuns, gêneros e CDs pode ser selecionada. Para testar a música, o usuário pode ainda ouvir o conteúdo através do fone de ouvido ou do próprio alto falante da plataforma. Daí para encher o “carrinho de compras” com as músicas, clipes e videoaulas é muito rápido.

Parceria

Além dos cantores renomados, Lucas Simão destacou que os artistas locais também podem aproveitar o conteúdo grátis da FunStation para divulgar suas músicas ou vídeos. “Nós podemos inovar, disponibilizando o trabalho produzido na região Norte para toda a rede de servidores da FunStation”. A parceria ajudaria a cantores fora da grande indústria fonoaudiográfica a serem conhecidos em outros pontos onde forem instalados o equipamento interligados pelo sistema.

As parcerias podem ser fechadas também com empresas e redes do comércio. Entre os exemplos, estão trabalhos desenvolvidos com a Oi, Carrefour, Fnac, Chilli Beans e a rede de rádio Mix. Com estrutura pensada também para receber publicidade, a FunStation pode ter a frente totalmente personalizada, além de espaços para logomarcas em banners e na tela de descanso.

Futuro

Para quem pensa que a tecnologia acabou por aqui, a FunStation prepara mais novidades para o futuro. Está em estudo a disponibilidade de games, livros digitais e a criação de stands, que ficarão em lojas do ramo. Além disso, um modelo portátil da FunStation também está sendo planejado pelos criadores do equipamento. A novidade vai poder ser colocada em quiosques e pequenos estabelecimentos.

Pensando nos músicos independentes, a aposta é também o FunRevolution, uma plataforma web que vai possibilitar aos usuários o upload de conteúdos para inserção nas FunStations sem sair de casa. A praticidade, que já têm uma versão BETA finalizada, vai possibilitar que as músicas sejam disponibilizadas no sistema da FunStation a partir de qualquer computador.

Em Manaus, Lucas Simão prepara ações em shopping centers para apresentar a tecnologia. “Queremos divulgar a FunStation em locais com grande concentração de publico, como shoppings e eventos. Serão ações com bandas locais e até nacionais”, afirmou.

Os interessados em fechar parcerias, podem contactar a FunStation através do e-mail lucas.simao@funstation.com.br ou através do site www.funstation.com.br.

Vamos juntos!

Se és um gamer honesto e compra seus jogos originais, gostou da iniciativa do Moacyr Alves, certo? Quer saber o que pode fazer pra ajudar nessa empreitada?

Responda esse questionário sobre o perfil do gamer brasileiro. Ajudarás bastante na reunião dos dados que serão apresentados ao diretor da Receita Federal, onde nosso amigo Moacyr irá tentar convencê-lo que a baixa das cargas tributárias sobre games será benéfica, tanto para os consumidores quanto para o governo.

Vamos juntos nessa luta!

YouTube comemora seus cinco anos de vida com 2 bilhões de visualizações diárias

Com o número, o portal hoje é o terceiro mais acessado da internet; vídeo de Ronaldinho Gaúcho foi o primeiro a alcançar um milhão de acessos.

Cinco anos atrás, o YouTube era apenas uma ideia para compartilhamento fácil e rápido de vídeo. Hoje: dois bilhões de visualizações diárias, “quase duas vezes a audiência em horário de pico das três maiores emissoras de TV norte-americanas juntas”, segundo a empresa.

Esse número de acessos coloca o site em terceiro lugar entre os mais acessados em toda a web. Para comemorar a data, o YouTube lançou o canal CincoAnos (FiveYear) com a campanha “Minha história com o YouTube”, que convida qualquer usuário a compartilhar um pouco de sua experiência com o site.

A página, disponível em 24 idiomas, apresenta um mural de vídeos com localização geográfica por meio do Google Maps e recomendações de vídeos “essenciais” do YouTube.

O YouTube foi comprado pela Google em novembro de 2006 por 1,65 bilhão de dólares. Em 2009, o atual CEO da empresa, Eric Schmidt, admitiu que a cifra foi 1 bilhão de dólares superior ao que a empresa realmente valia.

Primeira Home Page do site

Primeira Home Page do site

Vale ressaltar que o primeiro vídeo do YouTube a atingir um milhão de visualizações tem a cara do Brasil: foi o popular vídeo do Ronaldinho Gaúcho, que atingiu esse número em julho de 2006.

Alguns dos momentos marcantes da história do YouTube:
Fatos

  • 2 bilhões de visualizações por dia
  • 3º website mais visualizado (Fonte: Alexa.com)
  • Localizado em 23 países com 24 idiomas diferentes
  • 15 é o número médio de minutos que uma pessoa dedica ao site a cada dia
  • 24 horas de vídeos são enviadas ao YouTube a cada minuto
  • 70% do tráfego do YouTube vem de fora dos Estados Unidos
  • 100 anos em vídeos são monitorados todos os dias pela tecnologia de gestão de direitos autorais
  • 1700 anos é o período que demoraria para uma pessoa assistir aos milhares de vídeos no YouTube


Principais registros

  • Primeiro vídeo enviado ao site – abril de 2005
  • Primeiro vídeo alcança um milhão de visualizações – julho de 2006
  • Google adquire o YouTube – outubro de 2006
  • YouTube lança site móvel – janeiro de 2008


Registros gerais

  • YouTube habilita embed de seus vídeos – junho de 2005
  • Lançamento do programa de parcerias – dezembro de 2007
  • Lançamento do recurso de publicidade InVideo Ads – agosto de 2007
  • Vídeos do YouTube disponíveis em alta definição (HD) – dezembro de 2008
  • Exibição de seriados e filmes – abril de 2009
  • Suporte a vídeos em HTML 5 – janeiro de 2010

Vídeos mais vistos de todos os tempos*

*Dados referentes ao momento de publicação deste post.

Primeiro vídeo enviado

Há cinco anos, em 23 de abril de 2005, era carregado o primeiro vídeo do YouTube. Com 19 segundos de duração, “Me at the Zoo” foi filmado por Yakov Lapitsky e mostra Jawed Karim, um dos fundadores do site, no Zoológico de San Diego (EUA).

Categorias:Internet Tags:,
%d blogueiros gostam disto: